Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Acessos: 420

1º Batalhão de Infantaria de Selva (Aeromóvel) – Participa da Operação Curaretinga IX

Manaus (AM) No período de 23 a 31 de março o 1º Batalhão de Infantaria de Selva (Aeromóvel) participou da Operação Curaretinga IX, sob coordenação da 1ª Brigada de Infantaria de Selva, com o objetivo de combater atos ilícitos em toda a extensão da fronteira no Estado de Roraima.

O 1º BIS (AMV) deslocou duas companhias operacionais para Boa Vista-RR, operou a mais de 800 km de sua sede em Manaus-AM, fato esse que gerou grande planejamento logístico, de pessoal e material, necessitando de uma grande estrutura de comando e controle, organizada pelo centro de operações (COP).

As atividades operacionais durante toda a operação foram intensas, com a realização de patrulhamento fluvial nos Rios Uraricoera, Mucajaí e Santa Rosa, sendo este último nas proximidades da Ilha de Maracá. Foram mais de 1500 km de patrulha fluvial, vencendo vários obstáculos naturais impostos pela geografia amazônica.

Em ação terrestre, o 1º BIS (AMV) também estabeleceu Postos de Bloqueio e Controle de Estrada (PBCE) ao longo da BR 174, a qual liga o Brasil à Venezuela, contabilizando a revista de 165 carros, 5 motos, 39 caminhões, 8 ônibus e 38 caminhonetes, além do controle de entrada e saída de estrangeiros, onde foi registrado a entrada de 88 venezuelanos e a saída de apenas 13.

Tais ações, em coordenação com os demais órgãos, produziram resultados significativos, como a destruição de balsas, acampamentos, e apreensão de barcos e motores utilizados nos garimpos clandestinos.

Todas essas atividades contribuíram para o fortalecimento da presença do Exército e do Estado Brasileiro em regiões inóspitas, dominadas pela atividade ilegal, bem como para o adestramento de nossas pequenas frações, proporcionando um exercício de liderança aos comandantes de Pelotão e de Grupos de Combate. ­­­

 

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página